segunda-feira, 16 de março de 2009

Resumo do livro: "A Primeira Reportagem" autor Sylvio Pereira

*******************************************************************************

Introdução:

Eu, Gabriel, o Leonardo Minçon, o Douglas, o Guilherme e o Mário somos alunos do Colégio Prisma (9º ano) e apresentaremos aqui em nosso Blog, entitulado "A Segunda Reportagem", um breve resumo do livro acima citado. Este trabalho faz parte da disciplina de Português, Professora Lígia.

Desejamos uma boa leitura e, ao final, fiquem á vontade para deixarem seus comentários.

Gratos,

Gabriel, Leonardo, Douglas, Guilherme e Mário.

*************************************************************************************************

A Primeira Reportagem

Roberto correu para seu trabalho no jornal "Noticias e Debates" e encontrou Beatriz que estava atrás de um emprego. Roberto havia tratado com Nunes no seu primeiro dia de trabalho e se mudou para São Paulo, após a morte de sua mãe no Paraná.

Num outro dia, Roberto teve que tirar fotos do novo time de vôlei, Club Athletico Paulistano e encontrou novamente Beatriz. Aquele dia, Roberto saiu logo da redação e ficou na porta do edifico, onde encontrou Beatriz que estava saindo. Conversaram sobre o trabalho e, á partir dali, começou a acompanhá-la todas as noites, até o ponto de ônibus.

Luis mal-humorado, tomou uma repreensão de Ana Lucia, sua irmã mais velha. Logo após, o motorista Nelson estava esperando-o para irem para a escola. Quando eles estão saindo, acontece uma grande surpresa: um homem o apunhalou pelas costas. Então, Arnaldo e Pedro foram para o carro e viram que havia acontecido um problema. Havia uma garota e eles queriam apenas o menino, mas sem opções a levaram para Valdomiro que planejou o seqüestro. Pedro que estava junto quando trouxeram Ana Lucia e Luis estava preocupado temendo a reação de Valdomiro ao saber que trouxe a menina junto. Ao chegarem no refugio deles, Rocha abriu o portão para eles, onde entraram com o carro, Mariana esposa de Rocha se surpreendeu ao ver a menina e também, mostrou sua preocupação em relação a reação de Valdomiro. Mariana levou os meninos ao quarto onde ficariam e a levaram uma jarra de água e biscoitos.

Roberto que completou 8 meses de serviço e o trabalho ocorria normalmente, quando o Doutor Meira chegou á redação para saber de alguma novidade e então, a telefonista disse a ele que ligaram da policia. Ele foi falar com Doutor Américo, com quem tinha uma grande amizade, que pediu a Meira ajuda de seu jornal para fazerem silêncio sobre o fato do seqüestro. Seqüestro dos 2 filhos do secretario da Fazenda, Doutor Januário, que deixou Doutor Meira pasmado.

No refugio dos seqüestradores Pedro, Arnaldo e Rocha conversavam, estavam nervosos temendo a reação de Valdomiro, quando ouviram o toque da campainha e Rocha se apressa em abrir o portão. Valdomiro logo ficou nervoso pelo fato de estarem bebendo e começou uma discussão, mas Rocha chegou para acalmar a situação. Enquanto isso, Mariana ficava de olho nas crianças e Valdomiro disse aos outros que ele ira sair ao encontro de Alceu, que era o repórter que os ajudam com as informações.

A descoberta de Roberto sobre o seqüestro dos dois irmãos Luis, de sete anos, e Ana Lucia de 14 anos. Roberto foi até a pensão, no local do seqüestro, mas esqueceu o molho de chaves, então ele resolveu voltar à redação para buscar as chaves. Mas no meio o caminho, ele parou em um boteco chamado Bem-te-vi para tomar a clássica média. Foi onde ele viu Alceu, seu amigo da redação, ser abordado por um rapaz alto.

Alceu nem percebeu que Roberto estava lá no boteco e foram se sentar com o rapaz alto, que era o Valdomiro. Eles estavam conversando sobre o seqüestro e Alceu dizia que queria sair fora deste seqüestro , pois estava com medo de que alguém descobrisse.

Dessa forma, Roberto percebeu que Alceu estava envolvido no seqüestro de Luis e Ana Lucia e ele ficou muito pensativo, pois queria encontrar uma solução. Mas em quem confiar para contar esse segredo, que poderia desvendar os suspeitos do seqüestro? Então ele se lembrou de Beatriz, sua amiga de trabalho, em quem ele mais confiava. Ela se espantou com a notícia e decidiram entrar em uma investigação criminal.

Depois que Roberto se afastou, Mariana estranhou o indesejado visitante, pois ele não fazia a imagem hippie da qual ela idealizava.

Chegando na casa, Valdomiro perguntou-lhe se tinha se livrado do hippie disse que não havia sido tarefa difícil. Como não se comunicava muito com o chefe preferiu ir falar com Rocha. Indo ao encontro de Rocha passou pelo quarto de onde estavam as crianças. Empurrou-a suavemente.

Naquele momento Ana Lúcia falava com Luís, mas logo a menina se calou. Mariana observou que as crianças haviam comido pouco da refeição e perguntou-lhes se estavam sem fome. Ana Lúcia disse que sim, que queria andar um pouco lá fora, ao ar livre. Mariana logo disse que aquilo tudo iria acabar e eles poderiam ir para casa, disse que se precisassem de algo era só chamar. Então, fechou a porta e foi ao encontro de Rocha.

Ele cochilava, cansado da vigília. Acordou quando ela chegou.

Ela contava-lhe o fato do rapaz hippie ter batido lá procurando um tal de Clóvis. Dizia que achava um pretexto para aproximar-se da casa. Logo Rocha perguntou se o rapaz não seria da polícia. Mariana comenta que parecia um adolescente. Rocha disse para Mariana não se preocupar, mas ela disse ter sentido algum pressentimento estranho em relação ao garoto.

Suspirou e mudou de assunto. Dizia a Rocha que estava cansada desta vida de sentir medo de todas as pessoas. Então, logo Rocha acalma a mulher e informa que logo tudo mudará e ela poderá ter casa e filhos. Ela dizia que não acreditava naquilo e que tudo não passava de um sonho.

Então, voltou a pensar na visita. De repente, encontrou o motivo da sua dúvida, dizia que talvez ele tivesse mais idade e fosse da polícia, mas logo Rocha comentou que se fosse tal coisa Alceu teria comentado com eles, pois ele sabia tudo sobre os movimentos da polícia. Comentou também, que ele poderia ser um repórter atrás de sensacionalismo. Resolveram que deveriam contar a Valdomiro, só não sabiam como fazer isso.

Logo chegaram os amigos de Roberto, antes mesmo do que ele pensava. O carro foi detido com uma brusca freada em frente ao bar. Almeida dono do carro recusava-se a andar sem aceleradas fortes e freadas ásperas, dizia que aquilo era carro de homem não era feito para se andar levemente. Mesmo com o machismo, não dispensava tratar o carro com cuidados especiais. Rui num tom zombeteiro disse a Almeida se ele tinha medo de estragar a pintura, logo o amigo retrucou dizendo como estava linda sua máquina, tinha acabo de ser polida no sábado passado.

Rui,Almeida, Zani e Jorge logo avistaram Roberto que logo diz a Rui, que ele havia trazido um batalhão. Apresentou Beatriz que acompanhou Roberto á todo momento. Dirigiram-se ao lugar onde Roberto armou a barraca e contaram o que ali se passava. Rui o interrompeu dizendo que já sabiam da historia, logo depois perguntou a ele se havia armado um plano.

Roberto disse que não, dizendo que teriam que ajuda-lo nisso, deveriam ser rápidos e determinados. Beatriz interfere dizendo que se chamassem a poliçia seria melhor, pois poderiam agir com maior controle sobre a situação. Policiais e Detetives saberiam melhor como agir com bandidos da laia de Valdomiro. Rui rebatendo o comentário de Beatriz comentou que é melhor não, pois a polícia é muito barulhenta com suas sirenes e os policiais armados, alertariam os bandidos. Mas Beatriz lembrou os rapazes do perigo que lhes esperava. Zani interferiu dizendo para armarem um plano logo, pois já haviam perdido tempo demais com aquela conversa e informou ao grupo que havia bolado um plano, mas disse que dependia de Almeida concordar.

Mariana deixa o quarto e vai para a sala, quando chega comenta sobre a visita do hippie , explicando-lhes que achava que aquela conversa de hippie era apenas um disfarce. Arnaldo perguntou á parceira, porque não disse antes aquilo. Ela retrucou dizendo que só agora teve certeza e que achava melhor irem embora dali. Valdomiro na mesma hora falou com um tom forte para todos se acalmarem e não terem precipitação, continuou dizendo que ali quem decidia as coisas, era ele. E que não gostava de interferências, mas reconhecia que Mariana estava correta dizendo para se mudarem dali.

Valdomiro mandou os três capangas irem eliminar qualquer vestígio da estada deles ali, Rocha perguntou do que aquilo serviria já que a propriedade era de Valdomiro, mas logo Valdomiro disse-lhes a verdade, que o pai dele tinha dito aquilo mas na verdade ele teria alugado a chaçara com nome falso e por intermédio de outra pessoa.

Depois que todos estavam fora, Valdomiro chamou Mariana na cozinha, que estranhou a decisão de Valdomiro ter pedido para ela cuidar dos garotos, pois ele disse que iria abandonar as crianças longe dali. Mariana disse para ele deixar de ser idiota e Valdomiro se irritou, levando seu punho em direção ao rosto dela, que por um pouco não acertou. Mariana rapidamente pegou a faca e colocou no pescoço de Valdomiro, dizendo que se mete-se-lhe a mão lhe enfiaria a faca. Depois completando a frase dizendo que se matassem os garotos iriam ser perseguidos dia e noite e não para serem presos mas sim, fuzilados. Logo Valdomiro propôs a ela que conversassem todos.

Todos ficaram impressionados com a calma de Valdomiro e então, Mariana perdia terreno.

Zani demorou para esclarecer o plano de ataque, sentia pena de Almeida mas a solução se tornava urgente. Disse que aquele carro tinha a força de um tanque e com uma pancada no portão, já era. Todos se responsabilizaram, se houvesse algum dano ao carro eles fariam uma vaquinha para arrumar o estrago. Almeida concordou sob protesto, mas disse que iria apanhar o carro e os outros foram ao portão mantendo cautela.

Enquanto isso continuava o debate no esconderijo, Valdomiro adiou o que iria fazer com os garotos, no carro ele iria decidir. No fusca da frente iria ele Rocha, Mariana e os garotos, no da frente os demais. Iriam se encontrar ainda hoje, ás dez no Bem-te-vi. Valdomiro perdeu a fé em seus companheiros e com a investida a Mariana, todo seu ressentimento virou um violento murro, que foi em direção ao rosto de Mariana, atingindo-a em cheio, batendo a cabeça na mesa.

Com um salto, Valdomiro atravessou a porta do corredor e foi em direção ao quarto das crianças, chegando lá deu um grito dizendo para eles irem, berrou a menina dizendo que se resistisse liquidaria seu irmão. Chegando á garagem jogou as crianças para o banco de trás e, com a chave no contato, como havia deixado antes, ligou a ignição tomando o rumo a estrada municipal. Deixara o problema para os capangas e Mariana.

Roberto, Beatriz, Zani, Rui e Jorge estavam calados evitando se movimentar para não chamar a atenção. Almeida pegou distancia de cento e cinquenta metros de distancia e arrancou. Naquele momento, Roberto disse a Beatriz que permanecesse ali. Depois que o carro bateu com força no portão os quatro foram em direção aos três bandidos que meio assustados foram atacados por eles, e lá estava a mulher no chão desacordada ou morta. Beatriz dá um berro dizendo a Roberto que um dos capangas havia fugido com as crianças e Rui comandou a Roberto para ele ir atrás do carro. Roberto foi em direção ao jardim.

Roberto ouviu o ronco do fusca, e foi em direção a garagem, mas quando chegou o fusca já estada saindo pelo terreno acidentado. Beatriz chegou com a Yamaha, Roberto logo montou a moto e foram atrás do fusca. Ao chegar a 300 metros de distancia, manteve espaço entre os dois, ele não queria alcançar o fusca, pois ele tinha medo que Valdomiro estivesse armado. Quando passaram por um espaço estreito, de um lado era um barranco e do outro um desnível, virou a máquina e viu a figura de Valdomiro. Assustado, Valdomiro segurando o braço de Luís, disse rindo que não esperava ser seguido por dois jovens. Então, ele mandou diretamente Roberto deitar a moto no chão e ele o obedeceu. Largou Luís que correu aos braços da irmã. Disse zombando a Roberto, que agora iriam resolver a questão deles.

Valdomiro estava quase sobre ele, pronto para o golpe fatal quando Roberto esquivou-se e deu um pontapé certeiro na canela do bandido, que não esperava o golpe. Roberto queria ganhar tempo, conseguiu um golpe duro na altura dos olhos do bandido tonteando-o, Valdomiro dava sinais de cansaço já, quando Roberto deu azar, tropeçando na moto, logo o vilão pulou encima de Roberto, Beatriz se viu desesperada quando pegou uma pedra, por um momento vacilou achando que a força não seria suficiente para atordoar o bandido. Empurrou Valdomiro e começou a chorar vendo Roberto desmaiado, curvou-se e beijou-o, quando levantou a cabeça viu o sorriso no rosto do rapaz, logo ela disse que Roberto tinha se aproveitado do momento, mas enquanto discutiam Valdomiro voltava a si. Beatriz berrou a Roberto que logo pegou a pedra dizendo que se Valdomiro ameaçasse levantar ele arrebentaria seu cranio.

O som das sirenes soou como música celestial a Beatriz, a policia havia chegado.

Pessoa e Frederico correram do carro perguntando a Roberto se com ele estava tudo bem. Roberto disse que sim. Pessoa com um tom zombeteiro disse que estava feliz pelo reencontro com velho conhecido, que prometeu prender o vilão.

Beatriz correu para as crianças para ver se estava tudo bem, mas estavam só assustadas. Chegou o detetive e disse que ele era da policia e que o próprio pai das crianças havia mandado ele para buscá-las.

Pessoa olhou para Roberto e Beatriz dizendo que eles deram sorte com aquilo, mas que foram muito heróicos.

Frederico veio ao grupo dizendo que deveria ter batido uma foto de Roberto encima de Valdomiro. Que dizia que na verdade, não passava de um office-boy , mas Frederico achou que Roberto até poderia ser promovido pela matéria, estava perfeita, bateu a ultima foto de Valdomiro sendo algemado.

Reuniu-se o grupo formado por Pessoa, Roberto e Beatriz que acabara de acomodar as crianças no carro. Roberto perguntou sobre Alceu e Pessoa disse que um detetive estava na cola do sem-vergonha e que dificilmente, iria trabalhar em algum jornal. Beatriz entrou no carro com as crianças e Pessoa e foram embora.

Rui e seus amigos aguardavam Roberto e logo Roberto perguntou o que tinha se passado depois que foi atrás de Valdomiro. Rui disse que os vilões eram uns fracotes. Deveriam estar apavorados pela surpresa e pela mulher, o marido Rocha jurou vingar-se de Valdomiro. Rui perguntou então, como Roberto foi, ele disse oque se passou e o amigo zombou que queria estar lá para torcer pelo bandido.

Enquanto isso, Roberto e Frederico conversaram que deveriam ir para o jornal naquele momento, pois sabiam que o chefe deveria estar louco, achando que outro jornal poderia publicar antes que eles. Depois, Roberto foi conversar com Beatriz pedindo pra ela ir acompanhada dele, ela disse que sim, só para tomar cuidado com a moto do irmão.

Quando Roberto chegou a redação depois de separar-se de Beatriz, foi falar com Frederico, disse que o velho estava uma fera.

Quando foi falar com o chefe, ele estava bravo e disse para ele se sentar a mesa que era de Alceu e começar a digitar. Roberto mal acreditava que ele estava sendo promovido á repórter. Quando acabou sua primeira reportagem e iria dar o título, Frederico disse que quem fazia aquilo era o Nunes, Roberto disse que tudo bem. Levou ao Nunes, ele disse que poderia ser melhor, mais que serviria. Perguntou se tinha gastado algum dinheiro com aquilo, Roberto disse que tinha pegado dinheiro com Beatriz, Nunes zombou do colega dizendo que já havia pego dinheiro emprestado da namorada, disse que fizesse uma nota e pegasse de volta o dinheiro. Chamou o motorista e pediu que levasse Roberto à pensão.

De manhã ligou para Beatriz para contar sobre a reportagem e sobre a promoção, a amiga ficou muito feliz e disse que apanharia ele ao clube.

Frederico e Nunes conversavam sobre Alceu. Nunes dizia que seria muito ruim para a esposa e os filhos se ele fosse preso, logo Frederico acusou-o dizendo que uma hora ele queria matar Alceu, depois ficaria toa sentimental que até aumentaria o salário dele. Nunes disse para ele parar com aquilo, Alceu deveria pagar, mas nada que prejudicasse a terceiros. Ouvindo isso, ele diz que tudo bem então. Mas mudando de assunto diz que Beatriz e Roberto correram muitos perigos e que deveriam chamar a polícia, Frederico então interrompe dizendo que já ouviu tudo aquilo antes. Nunes então comenta sobre um filme que assistira outro dia que o gato mágico deixava os casais avermelhados, então ele aponta para Roberto e Beatriz dizendo que eles dois eram muito avermelhados, logo os dois caem em gargalhada. Nunes logo chingou o amigo, mas Frederico continuava a rir.

Autor: Sylvio Pereira

Editora: ÁTICA

18 comentários:

  1. o loko mano
    q resumo grandfe q isso
    mo bagulho grande
    na moral acho q o resumo ta maior q o livro mano!!
    eita bagulho grandi!

    ResponderExcluir
  2. eu não li o livro mais diante destes fatos da pra repara q isse livro é incrivelmente uma drogaaaa!!!!
    por favor depois de ler este comentario responda no email:
    rolte@uol.com.br

    tanks

    ResponderExcluir
  3. vlw mano
    foi dificil axar um resumo
    pra este livro
    mais este ta bom
    vlw

    ResponderExcluir
  4. esta otimo o resumo
    parabens

    ResponderExcluir
  5. Nossa q resumo bom vcs tao de parabéns!!
    Valeu...
    Tenho uma prova desse livro amanhã e naum consegui ler tudo!!
    Valeu msm.

    ResponderExcluir
  6. kkkkkkkkk esse resumo e grane mesmo mas valeu e liçao acabei pulei umas parente mas de boa eu vis a liçao e direi 8 ta legal a era para vases da escola mas eu vis do compuntado mas depois de ler asese meu MSN-gabrielssan@hotmail.com.br vc que gosta de joga e ta imtediado uma dica joga habbo ou ddtank
    galera vcs e de mas

    ResponderExcluir
  7. nuss me ajudo d ++++++ esse resumo, amnhã vou fazer a a prova aliviado!

    ResponderExcluir
  8. Achei o melhor resumo, me ajudou muito, vou fazer um trabalho com este livro e esse resumo esta muito bem explicado e da pra entender tudo. Foi melhor ler o resumo bem feito do que o livro.

    ResponderExcluir
  9. vai caga com trem desse

    ResponderExcluir
  10. esse resumo me ajudou muito vlw

    ResponderExcluir
  11. aleluia pelo menos um site tem um resumo com mais de 10 linhas !!!
    pelo menos n vou precisar ler todo o livr!! vou resumir esse resumo kkkk !!
    ajudou mt vlw pelo esforço!!

    ResponderExcluir
  12. Ta horroroso!
    iso na o e um resumo poha!

    ResponderExcluir
  13. Muito obrigada
    esse resumo me ajudou muito!

    ResponderExcluir
  14. muito obrigada
    vou ter um trabalho sobre o livro o resumo ajudou e muitoo

    ResponderExcluir
  15. Nossa vou ter que resumir o que você resumio do livro kkkkk.... Mas fico muito grata mesmo assim

    ResponderExcluir